É campeão!

É campeão!

MURIAÉ, MG - O Macaé Esporte é o primeiro campeão do futebol carioca em 2016. Convidado de última hora, após a desistência do Friburguense, o Alvianil Praiano conquistou a Copa Eureka de Futebol, disputa no Estádio Soares de Azevedo, em Muriaé. Na final, o Leão derrotou o Volta Redonda por 1 a 0 na noite deste sábado (16) e trouxe a taça para a cidade. O herói da partida foi o zagueiro Matheus, contratado por empréstimo junto ao Vasco, ao marcar o gol do título.

A decisão, no entanto, foi marcada por muita polêmica da arbitragem. Três jogadores – dois do Macaé (Pipico e Yago) e um do Voltaço (Marcelo) – levaram cartão vermelho ainda no primeiro tempo e o Leão atuou toda a etapa final com um jogador a menos. Mas, a equipe dirigida pelo técnico Toninho Andrade mostrou poder de superação e soube suportar a maior posse de bola do Volta Redonda.

Zagueiro Matheus, contratado por empréstimo junto ao Vasco, marcou o gol do título em linda cobrança de falta

Jovem zagueiro Matheus (D), contratado por empréstimo junto ao Vasco, marcou o gol do título do Macaé em linda cobrança de falta

- O Macaé fez uma grande reformulação para a temporada e a conquista de um título, mesmo que de um torneio amistoso, dá moral para a formação deste novo grupo. A postura da equipe com um a menos durante o segundo tempo me agradou bastante. Este tem que ser o espírito. A equipe se comportou muito bem na parte defensiva, tanto que não sofremos gols nos dois jogos – analisou o técnico Toninho Andrade.

Alvianil segura pressão e faz
gol do título no final do jogo

Com uma equipe bastante modificada em relação às semifinais – apenas três que começaram a partida contra o Nacional (Ebert, Wagner e Pipico) -, o Macaé decidiu a Copa Eureka contra o Voltaço, que manteve o time-base que derrotou a Tombense, trocando somente o goleiro (Luís Cetim por Motta) e o centroavante (Tiago Amaral por Tanque). Ainda assim, o jogo foi pegado desde o início.

Na primeira etapa, as equipes pouco criaram. Os goleiros Willian Alves e Luís Cetin praticamente não trabalharam e foram meros espectadores do confronto. Só apareceram em chutes de longa distância de Tanque e Marques, respectivamente. A melhor chance, no entanto, foi do time da Cidade do Aço. Após cruzamento de Djavan pela direita, Rafael Pernão matou no peito e chutou forte, mas o goleiro Willian Alves fez grande defesa, evitando o gol.

Aos 38min, o Macaé perdeu o atacante Pipico, expulso por reclamação após receber o segundo amarelo. Os ânimos ficaram acirrados e, aos 45, o árbitro Gabriel Murta colocou mais dois para fora. O atacante Yago sofreu falta violenta de Marcelo, o tempo fechou entre os jogadores das duas equipes e o juiz expulsou os dois atletas. A decisão do árbitro irritou a diretoria do Macaé, que ameaçou não permitir o retorno da equipe para o segundo tempo.

Com um a menos durante todo o segundo tempo, Macaé segurou a pressão e derrotou o Voltaço por 1 a 0

Com um a menos durante todo o segundo tempo, Macaé segurou a pressão e derrotou o Voltaço. Jogadores vibraram muito

Depois de muita polêmica, o jogo foi reiniciado e o Macaé, com um jogador a menos, mostrou poder de superação nos 45 minutos finais e segurou a pressão do Volta Redonda. E apesar da maior posse de bola, o adversário só criou uma grande chance para marcar, aos 24min. Yogo recebeu livre na área e chutou fraco na saída de Weverton. O lateral-esquerdo Dieguinho, que acompanhou a jogada desde o início, impediu o gol cortando a bola em cima da linha.

Já o Macaé, que explorava os contra-ataques, teve duas faltas na entrada da área. Na primeira delas, Marquinho mandou a bola na barreira. Mas na segunda, aos 41min, o zagueiro Matheus cobrou a falta de forma primorosa e, do bico direito da grande área, e surpreendeu o goleiro Luís Cetin. Golaço! O Volta Redonda ainda teve um gol anulado de Djavan, por toque de mão na bola, aos 47. Com isso, de forma heroica, o título veio para Macaé.

As equipes voltam agora as suas atenções para a primeira rodada do Campeonato Estadual. O Macaé estreia no dia 30, às 17h, contra o Friburguense, no Eduardo Guinle. No dia seguinte, o Volta Redonda recebe o Fluminense, às 19h30, no Raulino de Oliveira.

FICHA TÉCNICA
MACAÉ ESPORTE 1 X 0 VOLTA REDONDA
Data/Hora: 16/01/2016 – 19h
Local: Estádio Soares de Azevedo (Muriaé/MG)
Árbitro: Gabriel Murta
Auxiliares: Elbert Tavares Miranda e Warlen Breno da Paixão
Cartões amarelos: Matheus, Wagner, Marques, Pipico e Jones (MAC); Luis Gustavo, Luan, Bruno Barra, Pablo, Vinicius Pacheco e Djavan (VRE)
Cartões vermelhos: Pipico e Yago (MAC); Marcelo (VRE)
Gol: Matheus, 41’2ºT (1-0)
>> Macaé Esporte: Willian Alves (Weverton); Dos Santos, Matheus, Luis Felipe (Thiago Cardoso) e Ebert (Dieguinho); Felipe Ferraz (Gedeilson), Wagner Carioca (Luis Mário) e Marques (Alex); Yago, Pipico e Jones (Marquinho). Técnico: Toninho Andrade.
>> Volta Redonda: Luís Cetin; Luís Gustavo (Paulo Vitor), Maílson, Luan e Cristiano (Marrone); Bruno Barra (Pablo), Marcelo e Vinícius Pacheco (Mauro); Djavan, Rafael Pernão (Yogo) e Vinícius Tanque (Igor). Técnico: Felipe Surian.

Jogadores do Macaé mostraram poder de superação para conquistar a Copa Eureka de Futebol. Festa do Leão em Muriaé!!!

Jogadores do Macaé mostraram poder de superação para conquistar a Copa Eureka de Futebol. Festa do Leão em Muriaé!!!

Deixe um comentário

(obrigatório)

(obrigatório)