Derrota na estreia de Toninho

Derrota na estreia de Toninho
  • em

De virada, Macaé perde para o Nova Iguaçu na última rodada da Taça Guanabara

Mesmo saindo na frente, o Macaé sofreu nova derrota na Taça Guanabara. Jogando no Estádio Jânio Moraes, o Alvianil Praiano foi derrotado por 3 a 1 para o Nova Iguaçu na tarde deste sábado (18), na estreia do técnico Toninho Andrade no comando do Leão. Hudson, de pênalti, abriu o placar para o Macaé ainda na primeira etapa. No segundo tempo, Simões, Marlon e Adriano garantiram a vitória da Laranja da Baixada.

Com o resultado, a equipe da Baixada Fluminense foi aos 6 pontos, enquanto o time de Toninho Andrade segue sem pontuar, a única a não ter vencido na competição. Não classificados para as semifinais da Taça Guanabara, Macaé e Nova Iguaçu terão pouco mais de duas semanas para se preparar para a estreia na Taça Rio.

O jogo

Desperdício. Essa foi a palavra do primeiro tempo pelo menos para a equipe da casa. Logo aos 8 minutos, a Laranja começou a assustar. O lateral-direito Crispim cruzou e o atacante Adriano, dentro da área, completou fraquinho nas mãos do goleiro Milton Raphael. Aos 22, Wescley recebeu passe da direita, e sozinho na área, chutou para a bela defesa do camisa 1 do Leão. No escanteio, Caio Cezar pegou o rebote e cruzou na cabeça do meia, que desperdiçou novamente a chance de fazer o primeiro gol da partida.

Mesmo chegando menos, o Macaé foi certeiro quando teve a oportunidade. Hudson invadiu a área, foi derrubado, e o árbitro assinalou pênalti. Ele mesmo chamou a responsabilidade e abriu o placar aos 43 minutos, definindo o marcador na etapa inicial.

Atacante Hudson (D) comemora o seu gol, o único do Macaé na partida contra o Nova Iguaçu

Atacante Hudson (D) comemora o seu gol, o único do Macaé na partida contra o Nova Iguaçu

Na segunda etapa, o Nova Iguaçu voltou com tudo. Logo aos 14 minutos, Paulo Henrique cobrou falta na cabeça do zagueiro Simões que desviou para marcar. Dez minutos depois, mais um gol a favor do time da casa. Dessa vez Marlon recebeu de Adriano no meio e bateu para marcar. Depois disso, o atacante Adriano resolveu arriscar de fora da área. Aos 30, ele encheu o pé, mas o goleiro Milton Raphael conseguiu ficar com a bola. Aos 42, ela foi para fora. Mas, aos 45, o camisa 9 foi fatal. De fora da área, ele mandou uma bomba no ângulo, marcando um belo gol e decretando o placar final da partida.

Fonte: FutRio

Deixe um comentário

(obrigatório)

(obrigatório)